Benefícios do reaproveitamento sustentável da borra de café

Após consumir o cafezinho diário, como você descarta a borra de café que sobrou?

Pesquisas apontam que em 2017 o Brasil consumiu mais de 1,2 milhões de toneladas de café, gerando uma quantidade de cerca de 828 mil toneladas de borra de café.

A borra de café é um resíduo orgânico que pode ser reaproveitada de diversas formas, mas geralmente, é descartada de forma incorreta.

Quando jogada no lixo comum, se decompõe e libera gases do efeito estufa, como o metano, que é vinte vezes mais potente do que o CO2, causando um grande impacto ambiental.

Mas a emissão desses gases pode ser evitada por meio da sua reutilização.
Conheça mais sobre como se beneficiar do reaproveitamento da borra de café.

 

Fertilizante

A borra de café é composta por carbono e nitrogênio, nutrientes essenciais para fertilizar as plantas.
Para que suas propriedades sejam mantidas, ela não deve ser colocada no solo de imediato, pois seu processo de decomposição irá consumir o nitrogênio, tirando sua função fertilizante.

Opte por misturar a borra de café com adubos ou fertilizantes que possuam nitrogênio e sejam ricos em potássio e fósforo como esterco de animais ou cascas de frutas e legumes, que devem fermentar por cerca de 60 dias antes de serem aplicadas no solo.

Outra forma de utilização da borra de café como fertilizante é misturá-la em água, na porção de 100 gramas de café para um litro de água. Essa mistura pode ser borrifada em vasos ou canteiros.

 

Compostagem

A compostagem é o reaproveitamento da matéria orgânica encontrada no lixo. Quando acrescentada a compostagem, a borra de café emana um cheiro mais ameno, ficando mais quente e conservando a umidade.

A quantidade de borra não deve ultrapassar 20% do total da massa do composto. Acrescente folhas secas, que evitam o mau cheiro e serragem para reduzir a umidade.

 

Repelente contra pragas

A reutilização do café em plantas serve como repelente para alguns tipos de larvas, caracóis e lesmas, além de eliminar bactérias e micro-organismos prejudiciais ao solo. Por ter uma sobrevida maior quando misturada na terra, a borra de café pode matar insetos benéficos para a plantação e prejudicar a qualidade das plantas. Para isso, espalhe a borra de café em pequenas quantidades apenas na área desejada.

 

Prevenção contra o mosquito da dengue

O pó de café é composto por substancias que bloqueiam a reprodução dos ovos do mosquito da dengue, e por isso é possível utilizá-lo para prevenir o desenvolvimento de focos da doença em residências. Espalhe o pó mistura com areia em pratinhos de vasos de plantas.

 

Gostou das nossas dicas de reutilização da borra de café de maneira sustentável?

Acompanhe o nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.